O blog mais parecido comigo e com a cã0fusã0 da minha vida...

E tudo o lume levou!

Segunda-feira, 1º dia útil do ano de 2011, 12 graus na Chamusca city e sem nada para fazer... o que vou inventar para me ocupar hoje? Acender a lareira!

Acender a lareira é um processo complicado, digo-vos já! Há todo um processo de estabelecer relações com aqueles simpáticos pauzinhos apanhados na garagem (guardados pelo sebas), ora vejamos:

1) ponho tudo ao molho e fé em Deus: brasas antigas, gravetos apanhados no quintal, uma pinha roubada, edições antigas de jornais (não sem antes me deliciar com certas notícias que ainda não tinha reparado) e o mais importante de tudo: acendalhas! Aqui inicia-se a relação amor/ódio entre o acendedor de lareiras e o lume: falo-lhe com carinho - "Queridos paus, façam uma grande chama, tá?".

2) adiciono-lhe uns troncos felpudos, recheados de cortiça (é pra pegar bem!) e espero que estes não abafem o pequeno lume que está a nascer. Tarde de mais (ou lenha a mais)... o pequeno lume deu origem a um fumo cinzento que se enfia no cabelo, na roupa, nos olhos e me faz começar a passar para o ódio desta relação (começo a insultar os troncos e os paus)... solução? soprar!!!

3) sopro delicadamente nos malditos paus (já não são troncos felpudos, são paus e malditos!), soltam-se fagulhas que quase atingem o sofá e a minha roupa, soltam-se estalidos e de repente: txaraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaam: uma ligeira chama! weeeeeeeeeeeeeeeeeeeee!!!!!!
Isto afinal não é difícil! (treino o sentimento de orgulho!)

4) e se der um jeitinho ali aqueles troncos amigos? talvez dê mais chama!! Oooops... abafei isto outra vez... mas como??? já tinha uma pequena chama e matei a desgraçada... sou uma assassina de chamas que nem consegue perceber que numa reacção de combustão tem de existir oxigénio! oxigénio Marta!!!! ok, ok... então vamos dar oxigénio! Que tal abrir um pouco o centro do lume? ahá! e a Marta fez novamente o milagre do fogo! Já são duas chamas! =) (duplo sentido de orgulho!)

5) mas isto é bom é com bastante chama, vou soprar mais um bocadinho! boooom! uma família numerosa de chamas chegou e parece que veio pra ficar! três saltos de alegria, manta a jeito, chinelos felpudos, pc e sofá encostado à lareira! Oh vida boa!!!

6) fechei a porta da lareira (sim, é daquelas que têm uma portinhola por causa do aquecimento central), sentei-me no sofá e apreciei a bela obra prima! M-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o! Se não arranjar emprego como engenheira, vou por um anúncio para oferecer os meus serviços de acendedora de lareiras! =)

7) não contente com o lume que produzi, tento adicionar mais uns troncos felpudos, de maneira a garantir que se adormecer, tenho lume pra dar e vender! Ora vejamos, chego este para aqui, o outro empurro para lá e este aqui a FUMEGAR e com BRASAS do lado de baixo, AGARRO e ponho "AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAI, queimei-me..."... meu rico polegar, desculpa, desculpa! a culpa é do lume, tá claro! Seu invejoso! Querias pôr-me também a arder, não era? desgraçado! (duplo sentimento de ódio)

8) corro pro wc, procuro no armário um spray SOS queimaduras.... quando volto tenho um polegar a menos e o lume... snif... o lume apagou-se graças à ginástica que eu estava a fazer com os malvados paus antes de me queimar... snif!



Como é bom viver no campo!


p.s. - tenho o teclado do pc cheio de spray SOS... snif!

Tátá Maputo! =)

video


tátá=adeus!

E que tal...

E que tal...


ir até esta praia:


tomar banho nesta água:

apanhar sol nesta areia:

e comer estes amiguinhos ao almoço:

com esta vista fenomenal:

?? =)


Belo Domingo... =)

Seguidores

Prendas!