O blog mais parecido comigo e com a cã0fusã0 da minha vida...

Carapaus


Fui jantar ao Bairro Alto!
É verdade! Logo eu, que passo a vida a dizer que a margem norte não presta e que a margem sul é que é! :P
A desafio de uns amigos, fomos jantar ao restaurante "Adega do Duque". Escusado será dizer que as meninas aperaltaram-se todas e os rapazes foram mais descontraídos e rápidos, mas o que interessa é que pela primeira vez, cheguei a horas decentes a um restaurante! A simpatia do senhor, o encanto do aspecto de tasquinha, os petiscos e a companhia, fizeram daquele jantar mais um momento "para mais tarde recordar"! Ah, aconselho os carapaus com molho escabeche (primos do carapau de corrida da foto), deliciosos e a um preço que estudante adora: 4.50€! lolol!
Publicidade à parte, fiquei a saber que realmente sinto-me muito bem em Lisboa...
Quando era mais nova odiava Lisboa, queria era ir para o Porto, porque Lisboa tinha muita poluição (mal sabia eu que ainda ia estar num curso de eng. do ambiente!) e as pessoas eram muito antipáticas (Claro, para quem conhecia Lisboa mais pelos centros comerciais do que por outros locais, era normal não achar grande piada...).
Quando entrei para a faculdade descobri uma Lisboa diferente, onde nem a poluição é capaz de esconder o turbilhão de sensações que me transmite. Não, não estou a gozar nem a ser exagerada, é verdade! Lisboa tem um encanto diferente, e a prova disso é a sensação inexplicavel que tenho quando conheço cada vez mais um bocadinho. O Bairro é um bom exemplo. Só lá tinha ido poucas vezes, na maioria durante o dia, e não tinha ficado com grande impressão... Mas anteontem foi diferente... as pessoas nas ruas, as ruelas que parecem tão estreitas que não passam lá 3 pessoas ao mesmo tempo, o cheiro a sair dos restaurantes, as músicas dos bares, o enquadramento, a vista, enfim, cada novo pedacinho é mais um "amor à primeira vista!"!

Se eu tivesse jeito para escrever, conseguia transmitir-vos aquilo que sinto, mas como nem tenho jeito, nem levei a máquina fotográfica, deixo-vos a foto do carapau e o nome do restaurante, para irem lá comer os carapauzinhos e depois me contarem como foi! =)

2 fus0es:

Nuno Duarte disse...

Vocês primeiro dizem que não gostam, mas depois acabam todos cá deste lado do Mar da Palha! Eheheh! É claro que há várias Lisboas, mas a minha Lisboa não é aquela dos centros comerciais, dos prédios feios, das paisagens terceiro-mundistas e das auto-estradas engarrafadas, permanentemente em hora de ponta, e das pessoas tolerantes a tudo e a todos (onde está tolerância, ler indiferença). A minha Lisboa é aquela grande cidade que mais parece uma aldeia, dos bairros típicos, da malta castiça, dos eléctricos, do Tejo, do cheiro a sardinha assada (só o cheiro, claro...). Enfim, da Baixa, de Alfama, do Bairro, de Santos and so on... Ainda bem que começas a gostar da minha Lisboa, agora só falta saíres aí do subúrbio!! Eheheh! beijo

Diogo Ferreira, RD disse...

O "carapau de corrida" que aparece na imagem está genial!

Enviar um comentário

Seguidores

Prendas!