O blog mais parecido comigo e com a cã0fusã0 da minha vida...

Ode ao 127 da TST

São as tuas cores garridas
O teu balançar desenfreado
As suspensões partidas
E os assentos estragados

São as tuas travagens bruscas
O teu arranque que me faz ir até ao fundo
O cheiro a sulfato-de-gente
E a boa disposição do senhor que é contra o mundo
(mais conhecido como condutor)

São as conversas das senhoras
Contadas aos altos berros
Que são tema para horas
E que me aguçam os nervos

Mas mesmo assim
É com amor que te digo
Autocarro só há um
E levas-me para todo o lado contigo!



Até amanhã....



P.s- todas as rimas que não parecem rimar são pura ilusão...


1 fus0es:

ลndreia disse...

Quer dizer! Eu que aturo bastantes vezes mais do que o TST, não tenho direito a ode!
Está mal! **

Enviar um comentário

Seguidores

Prendas!